Mastopexia

Procedimento cirúrgico para alterar o volume e a forma com ou sem silicone

A Mastopexia é a cirurgia plástica realizada nas mamas a fim de alterar o volume e a forma, pode ser acompanhada ou não de implante de próteses. Indica-se esse procedimento conforme o incômodo com o volume, peso ou flacidez das mamas, bem como, a necessidade em reposicionar os tecidos mamários.

Pode ser usada para reconstrução por mutilação, remoção de tumores, flacidez, desconforto. Assim como, aumento para devolver autoestima e feminilidade. Acima de tudo, o planejamento cirúrgico deve seguir os diagnósticos prévios.

A Mastopexia certamente pode ser combinada com outras cirurgias, como Lipoaspiração e/ou Abdominoplastia para melhorar os resultados dependendo do caso. Leia nosso artigo sobre ”Lipoaspiração, Abdominoplastia”.

Quando a Mastopexia é indicada?

É indicada a quem deseja revitalizar os seios. Primeiramente, ter mais de 18 anos e estar em boas condições de saúde (atestadas pelos resultados dos exames pré-operatórios). Para mulheres que planejam engravidar, o melhor é aguardar o período da gestação e amamentação.

A Mastopexia não influencia na amamentação, pois as glândulas mamárias são preservadas em maior quantidade. Porém, a gestação e a amamentação, certamente irão modificar os resultados obtidos.

Entretanto, pacientes que apresentam doenças em fase aguda, que fazem uso de medicamentos anticoagulantes, mulheres que estão amamentando, são alguns dos perfis que não poderão efetuar o procedimento.

Como é a cirurgia?

Primeiramente esta cirurgia, assim como qualquer outra deve SEMPRE ser realizada em Centro Cirúrgico com todo suporte e monitoramento do paciente, preservando sua segurança, e também a dos profissionais técnicos habilitados.

Havendo flacidez e pequena quantidade de tecido mamário, indica-se fazer a mastopexia com próteses que ajudará devolver a consistência mais firme das mamas.

Dependendo do volume das mamas, a mastopexia poderá ser feita apenas para reposicionar as glândulas e elevar as aréolas, sem o implante de próteses. O procedimento dura em média 3 horas.

O tipo de anestesia geralmente é sedação venosa e peridural, mas pode ser feita com anestesia local e sedação ou anestesia geral. Isso depende da escolha do anestesista juntamente com o cirurgião, de acordo com o caso e as condições de saúde de cada paciente.

Normalmente a internação hospitalar será de 24 horas.

Cicatrizes

Cicatrizes cirúrgicas são bem posicionadas, podendo ser apenas ao redor das aréolas caso pequena flacidez e pouco volume, ou cicatriz em “T” invertido e ao redor das aréolas, caso grande flacidez e necessidade de se retirar maior volume de tecido mamário.

A escolha da cicatriz e via de acesso feita pelo cirurgião dependerá da avaliação da anatomia da mama do paciente, assim como, o tipo de cicatrização individual.

Quanto tempo para o resultado definitivo?

O resultado é percebido por volta de 90 a 120 dias, quando começa a redução do edema (inchaço) inicial resultante da primeira etapa da recuperação da cirurgia. Mas como todo procedimento cirúrgico (e também dependendo da cicatrização individual, somente entre 12 a 18 meses as mamas estarão na sua forma definitiva e poderá considerar resultado final.

DESEJA FAZER UMA AVALIAÇÃO?
DESEJA FAZER UMA AVALIAÇÃO?
Cuidados Pré-Operatórios

Durante a consulta de avaliação serão passadas recomendações específicas para cada caso, mas em um geral é recomendado:

  • Informar qualquer tratamento realizado na mama;
  • Realizar exames de imagem ultrassonografia, mamografia e todos os demais exames solicitados na consulta de avaliação;
  • Tomar bastante água;
  • Parar de fumar pelo menos 30 dias de antecedência;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas;
  • Dieta equilibrada e nutritiva;
  • Informar todos os medicamentos em uso;
  • Comunicar qualquer atraso menstrual;
  • Comunicar qualquer infecção que venha a ter em semanas que antecedem o procedimento;
  • Realizar todos exames solicitados na consulta de avaliação.
Cuidados Pós-Operatórios

Após a cirurgia serão passadas recomendações específicas para cada caso, mas em um geral é recomendado:

  • Não erguer os braços acima da cabeça por 30 dias;
  • O paciente deverá fazer o controle ultrassonográfico anual;
  • Uso de sutiã modelador por período mínimo de 3 meses;
  • Seguir orientações individuais do Cirurgião e Equipe de acordo com cada caso;
  • Efetuar as trocas de curativos como programado pelo cirurgião e equipe;
  • Utilizar hidratantes e protetor solar no local;
  • Evitar pegar sol no local;
  • Repouso relativo conforme orientação médica;
  • Uso da meia anti-trombo por 15 dias;
  • Não carregar peso e evitar o esforço físico;
  • Não fumar, o tabagismo atrapalha o processo de cicatrização;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas;
  • Tomar muita água.

Outras Cirurgias Relacionadas

Nos siga nas redes sociais
Nosso Endereço

Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 555 | Sl. 35
Batel | Curitiba-PR

Nossos Telefones
E Horários

Cel.: (41) 9 9209-9706 (Ligações/WhatsApp)
Cel.: (38) 9 9831-1484 (Ligações)
Segunda à Sexta: 9h – 18h

Agende a sua Consulta
Nosso Endereço

Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 555 | Sl. 35
Batel | Curitiba-PR

Nossos Telefones
E Horários

Cel.: (41) 9 9209-9706 (Ligações/WhatsApp)
Cel.: (38) 9 9831-1484 (Ligações)
Segunda à Sexta: 9h – 18h

Agende a sua Consulta
WhatsApp Dúvidas e Agendamento. Clique aqui!